Casting

Improvável

Criado, produzido e encenado pela Cia. Barbixas de Humor, o espetáculo “Improvável” é um projeto de humor baseado em improvisações no qual a platéia tem fundamental importância para criação das cenas. O espetáculo tem muita influência do programa "Whose Line is it Anyway?" (Inglaterra e EUA). Nele, um Mestre de Cerimônias aquece a platéia com uma pequena introdução antes do espetáculo interagindo com o público e explicando como eles poderão influenciar nas cenas. Na hora das improvisações ele seleciona as sugestões da platéia e explica os mecanismos e as regras dos jogos de improvisação. A cada apresentação serão chamados dois atores convidados para completar o elenco. E como tudo é baseado no improviso, o público sempre verá uma peça diferente e interativa. Veja a lista de atores/jogadores convidados. “Improvável” começou com apresentações mensais em 2008. Desde fevereiro de 2009 acontece toda a semana em São Paulo e viaja pelo Brasil nos finais de semana fazendo sessões extras sempre lotadas. Algumas das apresentações são gravadas para alimentar a websérie do Improvável. Atualmente possui os vídeos mais vistos do Brasil com uma média de mais de quatro milhões de acessos por mês. Isso significa mais de 200 mil acessos por dia, ou seja, a cada segundo duas pessoas começam a assistir algum vídeo do espetáculo. Em 2010 entrou para a lista das 100 webséries mais vistas do mundo.

G7 CIA de Humor

O G7 é um grupo de Teatro especializado em fazer as pessoas rirem de si mesmas, porém, sem subestimá-las. Criamos espetáculos teatrais para entreter mas não só por isso, também para passar as mensagens que acreditamos serem sinceras e importantes, ideias que vivemos e transformamos em arte. Retiramos da nossa vida e entregamos a vocês, com muito trabalho e dedicação. Criamos porque somos artistas e precisamos criar. Mas criamos para vocês, nosso público, e assim esperamos que juntos possamos continuar a mudar o mundo

Tatá Werneck

Tatá fez sua primeira aparição na MTV em 2010 no programa Quinta Categoria juntamente com Paulinho Serra e Rodrigo Capella. Ainda no mesmo ano ela integrou o elenco do Comédia MTV e foi eleita pelos internautas do site UOL em agosto de 2010 com o título de humorista mais engraçada do Brasil. Após o término do Quinta Categoria, ela seguiu com o Comédia MTV até sua nova reformulação em 2012 passando a ser apresentado ao vivo. Neste ano, o Comédia MTV ao Vivo tinha uma pequena parte do elenco anterior, ela também ficava na apresentação do programa Trolalá que teve estreia em 7 de maio de 2012. No final de 2012 ambos os programas tiveram seu término. Em 2013 na grade especial de verão da emissora ela integrou o programa Tá Quente.

Marcos Wainberg - Diálogo dos Pênis

“Diálogo dos Pênis”, com Roberto Lopes e Marcos Wainberg É sagrado. Já se sabe que mesa de bar com os amigos é uma religião para os cuecas de plantão. Como um culto secreto, os assuntos são tratados como reuniões de estado e os diálogos são classificados como ultraconfidenciais. Diálogo dos Pênis Dois amigos de infância, já maduros e separados, dialogam sobre as experiências de vida imersos no universo feminino, em um papo de mesa de bar proibido para mulheres. Descubra, com muito humor, o que os homens pensam e conversam em seus encontros à volta da távola redonda.

Rodrigo Sant'Anna

Formado pela CAL (Casa de Artes Laranjeiras) aos 24 anos Rodrigo Sant’Anna estreou o espetáculo que foi o divisor de águas em sua carreira, Os Suburbanos, o qual escreveu, dirigiu e atuou. Após o sucesso de crítica e público, o espetáculo teve a permanência em teatros do Rio de Janeiro durante cinco anos com mais de meio milhão de espectadores, o que rendeu convites para pequenas participações na Rede Globo, onde numa destas aparições, no extinto seriado A diarista, Rodrigo chamou atenção de Renato Aragão que o convidou para fazer parte de A Turma do Didi e durante quatro anos ele fez parte do elenco Fixo do Programa. Em paralelo o ator ainda se dividia em novas produções teatrais, sempre envolvido na criação do texto, direção e atuação. Final de 2009 Mauricio Sherman, diretor do Zorra Total, após vê-lo no teatro, decide convidá-lo para seu humorístico semanal.Em 2010 o ator agradou em uma participação ao Lado de Lady Kate e hoje faz parte do quadro de maior sucesso do programa interpretando a transexual Valéria Vasques alem de outros personagens, como a pedinte Adelaide e seu marido Jurandir.

Fabiana Karla

Partindo de uma divertida confusão, "Nessa Mesa de Bar" é uma comédia musical que além de falar da linguagem dos boêmios frequentadores de barzinhos, passeia pela obra de Reginaldo Rossi, o criador do conhecido hino dos bares, “Garçom”. Uma divertida comédia com garantia de muitas risadas com expectativa de um grande público presente.

Eri Johnson

Em Eri Pinta Johnson Borda “no Teatro", encontramos vários efeitos de luzes e sons que contracenam com o ator, cenário ilusionista, tudo para assegurar uma qualidade teatral digna de um espectador de teatro. Nesse espetáculo, Eri Johnson interpreta personagens encantadores e divertidíssimos, que levam a platéia as gargalhadas, tais como: O Gaguinho desempregado, Os Bêbados, o Casado , o Carioca poliglota, o Namorado iniciante, o Dançarino e o quase protagonista ¨Feio da Turma¨. A trilha sonora é da premiada Túnica, e temos ainda, as participações das vozes de Gabriela Duarte e Cesar Filho. Venha fazer parte dessa diversão, talvez você saia desse espetáculo muito mais famoso do que entrou. Eri Pinta Johnson Borda vai te emocionar.

Oscar Filho

A originalidade dos textos e sua capacidade de improvisação lhe renderam participações na TV a cabo e, logo depois, o convite para a atuação como repórter no telejornal humorístico da Band, o CQC – Custe o que Custar. Em 2008 estreou seu show solo de stand-up comedy intitulado “Putz Grill…” em Florianópolis em duas sessões para um público de 1.200 pessoas. Em 2010, depois de ter se apresentado com “Putz Grill” em mais de 100 cidades em todo país, estreou em Campinas em 2010, onde ficou em cartaz por três meses com duas sessões lotadas por dia todas as sextas-feiras. Ainda em 2010, logo após sua passagem por Campinas, estreou no Teatro Frei Caneca na cidade de São Paulo onde está em cartaz até hoje sempre com casa lotada, mostrando assim a força de gênero junto ao publico no país. Após atingir um público total de aproximadamente meio milhão espectadores, o espetáculo ainda faturou a 10.a edição do prêmio Jovem Brasileiro de 2011 como o melhor show de stand-up no Brasil.

Marcos Veras

Marcos Veras é ator e publicitário, formado pela Escola de Teatro Dirceu de Mattos e em Propaganda e Marketing pela Universidade Estácio de Sá. Marcos Veras sou eu, escrevendo em terceira pessoa mesmo. Sempre tive um carinho especial pela comédia e pelo humor em geral. Prova disso é que desde pequeno, em casa e na escola, imitava os colegas e professores. Na TV já era fã de Chico Anísio, Ronald Golias, Jô Soares e Os Trapalhões. Era fã também dos seriados do Gordo e o Magro, Jerry Lewis, além de ser admirador dos filmes de Charles Chaplin. No teatro também fiz dramas e tragédias. Na época da Escola de Teatro, cheguei a representar Shakespeare, onde fiz Hamlet e Otelo, e ainda montei "Viúva Porém Honesta" de Nelson Rodrigues... Minha primeira peça profissional foi o infantil "A Bela Adormecida”, onde fazia um guarda que entrava mudo e saía calado. Logo depois fui promovido a monstro, onde já falava "arghargsputxhxcks". Em seguida pintaram outros trabalhos no teatro como: Atreva-se – Texto de Maurício Guilherme – Direção de Jô Soares Não Olhe Pra Baixo. Você Vai Querer Pular. Texto de Pedro Murad. Direção de Duda Ribeiro. • Rádio no Ar – Um programa de rádio no teatro – Marcos Veras e Raul Gazolla Texto de Marcos Veras, Saulo Aride, Raul Gazolla e Duda Ribeiro. Direção Duda Ribeiro • Terror na Praia (onde surgiu o Toinho e o Pastor Galigodério Nicomedes Arakaki Santana) • Quando o Amor é um Pastel de Carne Para Corações Vegetarianos - Texto e direção de Raul Franco • Ter ou Não Ter – (sátira em cima de Timon de Atenas de Shakespeare) - Teatro do Jockey; • A Mão e a Luva, de Machado de Assis – Teatro João Caetano; • Cleópatra – (Aqui levei minha primeira e única crítica de Bárbara Heliodora, e ela não gostou) – Texto de Regiana Antonini - Direção Marcello Saback – Teatro Clara Nunes; • João e Maria – Teatro do Leblon; • O Mágico de Oz – Com Marcos Veras, Carla Diaz, Pietro Mário, e outros.. (Fiz essa peça durante 8 anos, isso é bom ou ruim? ) Teatro dos Grandes Atores - Teatro das Artes; • Laboratório de Humor com Lúcio Mauro filho – Teatro da Lagoa; • Falando a Veras – Solo de Humor - Texto e concepção. Eu. Colaboração de texto - Saulo Aride - Supervisão Fábio Porchat. ( em cartaz de 2008 até hoje)

Fernanda Souza

Em setenta e cinco minutos de pura diversão e humor, a atriz promete tornar a plateia sua "melhor amiga"! Escrito por Fernanda Souza em parceria com o produtor Léo Fuchs e direção de Michel Bercovitch. Um espetáculo para todas as idades, onde muito humor ee emoção se misturam e encantam a todos que assistem a "Meu Passado Não Me Condena".

Gustava Mendes

Além do Casseta & Planeta, o ator interpretou o colunista social Eloy di Marco, na novela “Cheias de Charme”. Agora, em 2013, recebeu um convite, indicado por Manoel Martins e abraçado por Maurício Sherman, para compor o elenco do “Zorra Total”, que é exibido aos sábados, na Rede Globo.

Fábio Porchat

Integrante do primeiro grupo de stand up comedy do Brasil, o COMÉDIA EM PÉ, que está em cartaz ininterruptamente há seis anos, Fábio tem apresentado seu espetáculo solo por várias capitais brasileiras como Manaus, João Pessoa, Curitiba, São Paulo e agora chega ao Rio de Janeiro. Referência em todo o país quando o assunto é humor, o ator já se apresentou também em Londres e no Japão com seu estilo de humor histriônico que cativa as platéias. Roteirista de diversos programas de humor da Rede Globo (Zorra Total, Os Caras de Pau e Esquenta), incluindo o seriado de sucesso “Tudo Junto e Misturado”, no qual participa também como ator. Atualmente integrou o elenco do Filme "Vai que da Certo" , atuando com participações no programa "A Grande Família e no sucesso da internet o canal do You Tube "Porta dos Fundos"

Atreva-se - Direção Jó Soares

Uma comédia onde nada é exatamente o que parece ser. Dirigida por Jô Soares, "Atreva-se" traz aos palcos uma mistura de cinema e teatro, com drama e suspense, envolvidos em ondas de gargalhadas. Explicitamente inspirada no antigo cinema noir, o espetáculo “Atreva-se” é uma comédia que revela muitas surpresas e viradas. Mostrada em quatro sequências – “A Mansão”, “O Medo”, “O Pacto” e “De Volta a Mansão” – a peça remete a épocas diferentes, tendo sempre a mansão como pano de fundo e conta histórias permeadas de suspense que, de alguma forma, estão ligadas entre si.

Atreva-se - Direção Jó Soares

Uma comédia onde nada é exatamente o que parece ser. Dirigida por Jô Soares, "Atreva-se" traz aos palcos uma mistura de cinema e teatro, com drama e suspense, envolvidos em ondas de gargalhadas. Explicitamente inspirada no antigo cinema noir, o espetáculo “Atreva-se” é uma comédia que revela muitas surpresas e viradas. Mostrada em quatro sequências – “A Mansão”, “O Medo”, “O Pacto” e “De Volta a Mansão” – a peça remete a épocas diferentes, tendo sempre a mansão como pano de fundo e conta histórias permeadas de suspense que, de alguma forma, estão ligadas entre si.

Casar pra quê?

O espetáculo CASAR PRA QUÊ? Foi criado em 2007, e é considerado um sucesso absoluto de público no Rio de Janeiro, onde já foi assistido por mais de 300.000 espectadores nos teatros Miguel Falabella, Fashion Mall, Grandes Atores, AMF e tantos outros. Uma comédia romântica, onde o autor e ator Alessandro Anes descreve com muito humor as delícias e os horrores de um casamento feliz. Durante 70 minutos, os atores mostram no palco inúmeros conflitos de idéias, pensamentos e atitudes existentes entre um casal completamente apaixonado. Fazendo com que a platéia se identifique intimamente com quase tudo que está acontecendo ali. E diante de tantas situações engraçadas, não tem quem não se espelhe em uma ou várias delas, e gargalhe de si mesmo. O já consagrado ator e comediante de teatro e televisão Eri Johnson, é quem assina a direção dessa comédia, que inicia sua temporada de 2012 com novo cenário, novos figurinos e novos quadros. Para aqueles que são casados, assistir essa comédia vai ser uma revitalização para seu casamento. E para aqueles que ainda não são, será um incentivo para que isso aconteça sem medos e receios.

Mateus Solano

Ator apresentou Do tamanho do mundo em Goiânia com record nacional de publico 3 mil pessoas em um final de semana

TOP